• Image

Você está aqui » Focados na dermatologia » Onicomicoses

Onicomicoses

A onicomicose é uma doença cada vez mais comum, responsável por 20% de todas as doenças das unhas. Ocorre quase exclusivamente em adultos e uma em cada duas pessoas tem mais do que 70 anos de idade. Assim, o risco de vir a desenvolver onicomicoses aumenta com a idade.

 

A Patologia

Descrição

A onicomicose é uma infeção das unhas provocada por fungos. Os sintomas da infeção variam consoante o tipo de fungo envolvido, sendo que o espessamento e alteração da cor da unha são os sintomas mais comuns.

As onicomicoses podem afetar tanto as unhas das mãos como as dos pés, no entanto, as unhas dos pés são mais propensas ao desenvolvimento desta patologia. O crescimento mais lento das unhas dos pés, pode ser um fator facilitador para o estabelecimento dos fungos e causar uma infeção. Os fungos normalmente desenvolvem-se em ambientes quentes e húmidos: os sapatos fechados e de plástico são ambientes ideais para o desenvolvimento destes organismos. Andar descalço em balneários também aumenta o risco de infeção. Existem outros fatores que favorecem o aparecimento de onicomicoses: cortar as unhas muito rentes, partilhar sapatos e instrumentos de corte e cuidado das unhas, não proteger as mãos com luvas durante os trabalhos de limpeza e jardinagem, entre outros.

Diagnóstico

As onicomicoses classificam-se consoante o grau de destruição da unha, o tipo de fungo infetante e o local na unha onde se encontra a infeção. O médico inicia o diagnóstico observando a unha. Existem testes laboratoriais adicionais que são utilizados para confirmar o diagnóstico. Analisar secções da unha sob um microscópio é um método utilizado para visualizar diretamente os fungos que causam a doença. Muitas vezes, o médico irá fazer um diagnóstico preliminar com base no exame das unhas e realizar a confirmação em laboratório, utilizando técnicas de microscopia e cultura.

Factos importantes:

  • As onicomicoses são um tipo de infeção contagiosa das unhas causada por fungos patogénicos
  • Aproximadamente metade das patologias das unhas são onicomicoses
  • As unhas dos pés são mais afetadas
  • Os médicos utilizam uma combinação de exames laboratoriais e clínicos para diferenciar com sucesso as onicomicoses de outros tipos de doença

Fatores de risco

Idade

O risco de desenvolvimento de onicomicoses aumenta com a idade, devido ao facto do crescimento das unhas ser cada vez mais lento, de existirem deformações anatómicas, problemas circulatórios e por vezes higiene incorreta.

Circulação sanguínea periférica

Pessoas com má circulação sanguínea periférica são mais suscetíveis ao aparecimento de infeções fúngicas.

Diabetes

A diabetes tem vários efeitos ao nível do sistema circulatório, o que aumenta o risco de aparecimento de onicomicoses.

Psoríase

As onicomicoses são bastante comuns em pessoas com psoríase, pois têm as unhas mais espessas.

Desporto

Alguns desportos podem aumentar o risco de aparecimento de uma infeção fúngica. Nadadores, por exemplo, têm mais propensão para desenvolver onicomicoses pelo contacto com ambientes húmidos e quentes. O mesmo se passa com os jogadores de ténis ou squash, pelos traumatismos que os movimentos de parar e arrancar provocam nos pés.

Imunodeficiência

Um sistema imunitário enfraquecido aumenta o risco de desenvolvimento de onicomicoses.

Genética

Não foi identificado nenhum gene responsável pelas onicomicoses, no entanto, estudos revelaram que a probabilidade de desenvolver onicomicoses é maior se houver uma história familiar da patologia.

 

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image

Siga-nosFollow us on twitter Follow us on Linkedin

Responsabilidade Corporativa

Uma comunidade responsável pela dermatologia

Descubra algumas das iniciativas nas quais estamos envolvidos em todo o mundo

Ler mais

Vídeo

Dedicados ao futuro da dermatologia

Ver todos os vídeos